Perfil do Sans (o esqueleto de Undertale)

De Destruipédia
(Redirecionado de Sans, o esqueleto)
ur gonn hav a bad tim
O perfil de Sans(サンズ, ou Sanzu Bean-Laden)descreve como é um careca e vagabundo de um jogo chamado Undertale que adora fazer piada nível Praça é Nossa e beber ketchup feito pinga. Esbanjando carisma, esse bonehead pilantra chegou até a entrar no torneio Smash Bros. como roupa alternativa de um personagem que eu não me importo o bastante pra mencionar o nome.

Sans também é conhecido por ter uma música tema que acabou virando um meme e se espalhou tipo HIV pela internet. Sério, não mente por que você sabe quem é esse cara.

O seu perfume perfil[editar | editar código-fonte]

Características[editar | editar código-fonte]

Aparência[editar | editar código-fonte]

Sans aparece como um esqueletona verdade, ele não parece, ele é um esqueletorelativamente curto e barrigudo, com mãos semelhantes a alface luvas. Sempre visto com um sorriso largo sem graça e cheio de dentes bizarros no rosto. Sempre maltrapilha usando um moletom azul, uma camiseta branca por baixo, shorts pretos com listras brancas e um par de chinelos. Ele tem pontos brancos nas órbitas dos olhos pretos que desaparecem quando ele está sério ou estressado. Quando Sans usa a telecinesia, seu olho esquerdo pisca em azul claro e amarelo (as cores para impaciência e injustiça) enquanto sua pupila direita desaparece.

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Sans além de desocupado é também preguiçoso, muitas vezes matando serviço dormindo no trabalho e vadiando fazendo pausas. Sua preguiça é uma combinação de fatalismo e apatia, pois ele está ciente das redefinições da linha do tempo. Por outro lado e como já se bastasse, ele tem a cara de pau de sugerir que esse conhecimento pode ser "uma desculpa ruim para ser preguiçoso".

Sans Undertale Virjão[editar | editar código-fonte]

Após falar com uma flor amarela e fatiar um cabrito mágico, a coisa que protagonista o jogo fica frente a frente com o carecão bem cedo e quase caga nas calças. Chegando por trás, Sans tenta passar a imagem de fodão quebrando galho no chão e falando com voz grossa mas logo se mostra um pastelão total que gosta de piadinhas que costumam vir em revistinhas de horóscopo e viver uma vida tranquila a base de acarajé e muito ketchup. Sendo o esqueleto sem coração que é, Sans só observa seu irmão cabeça oca passar vergonha enquanto tenta capturar o protagonista com armadilhas que só pegaria cego ou burro enquanto fala uma ou outra coisa sobre o relacionamento dos dois. Porém, as coisas não são o que parecem e logo, você nota que o baixinho não é tão palerma quanto parece ser. As conversas com o "humorista" começam a virar um negócio meio metafísico quando certos tipos de golpes entram no papo e o carequinha passa a teleportar de um lado pro outro pra ver o circo pegar fogo e não fazer nada pra ajudar como de costume Fora convidar você pra um lanche e fazer uma ponta na luta contra o peixe Maria-João, Sans não aparece muito até o fim do jogo, onde ele dá uma de Sérgio Moro e julga você baseado no numero de pessoas que você matou. Agora que você tem uma ideia de quem Sans aparenta ser, jogue tudo pela janela igual o Seu pai queria fazer com você quando você nasceu e conheça o motivo pelo qual Sans tem tanto fanboy hoje em dia.

Suas qualidades e conquistas em Undertale[editar | editar código-fonte]

Chad Sans Undertale[editar | editar código-fonte]

Após finalizar o jogo pela primeira vez, o jogador pode recomeçar o jogo e escolher uma de duas rotas pra fazer dessa vez: pacifista ou genocida. Caso o jogador seja um degenerado e escolher a rota genocida, o protagonista passará a ser o vilão da história e seguirá os passos do Adolf Hitler, matando qualquer coisa que não se pareça com um ser humano. Mas ai você pergunta: "Mas como os judeus e monstros do Undertale se comparam?". Simples, os dois viraram pó quando morreram. Agora com um psicopata a solta tocando o foda-se pra tudo que acontece, não demora muito pra que o protagonista mande Sans e Papyrus enfiarem as armadilhas na bunda enquanto segue matando mais gente no caminho pro Rei Bezerro. Sans e Papyrus não gostam nem um pouco disso pois Sans percebe que se o baixinho amarelo não parar de sentar o cacete nos monstros, logo logo o irmão dele vai ser o próximo. Papyrus não gostou por que não tem cu pra enfiar as armadilhas lá mesmo.

Após mandar uma caralhada de bicho abraçar o capeta, é hora do julgamento do carecão. Só que dessa vez, Sans decide deixar as bolas caírem e parte direto pro pau, atacando com tudo já de primeira que é pra fazer nêgo piar e morrer logo de cara (aconteceu com você, não minta).
Chad Sans é superior em todos os aspectos.
Nessa hora, Sans prova que pode ser um verdadeiro fodão, obrigando você a passar horas aprendendo combinações de golpes e chorando de raiva enquanto tenta tascar uma lapada no desgraçado.

Eventualmente, Sans se cansa de mandar ataque de tudo quanto é jeito e para a luta pra brincar de quebrar a parede e tirar um ronco enquanto força você a esperar ele terminar o turno dele. Porém, o protagonista fica puto e decide quebrar a quarta parede também só pra furar o bucho do careca como se ele tivesse vestindo uma camisa do Flamengo depois de ganhar contra o Vasco, dando fim ao Sans Undertale e ao resto do mundo de quebra.

Sans Deltarune[editar | editar código-fonte]

Furioso por ter sido esfaqueado no jogo anterior, Sans decide fazer uma ponta em Deltarune só pra dizer que comeu sua mãe sei lá como, mas comeu.

Não veja nessa merda[editar | editar código-fonte]